Treinos de Pa-Kua que você não sabe que existem

Veja exemplos básicos de como as diferentes práticas de Pa-Kua podem ser facilmente combinadas com os seus objetivos de vida

Não chega a ser unanimidade. Mas quando você fala para as pessoas que treina Pa-Kua, a grande maioria pensa em artes marciais. Mas a verdade é que elas não pensam em todo o trabalho que pode ser feito no tatame (não estamos falando aqui dos golpes em si) e como eles podem refletir, inclusive, fora dele.

Sim, as mudanças na parte física são claras, mas não é a principal mudança que acontece. O comportamento e o psicológico de um praticante de Pa-Kua acontecem antes de o corpo fortalecer e são os mais importantes, segundo os ensinamentos. Quem treina arte marcial, por exemplo, tende a lidar melhor com a timidez, pois encontra no tatame desafios que sobressaem esta emoção. A autoconfiança é outro ponto que pode ser destacado e, ao contrário do que a maioria pensa, ela não acontece porque o aluno aprende a se defender numa briga. Dominar os golpes a ponto de se permitir envolver numa luta exige muito mais que prática, exige consciência. Aliás, é neste aspecto que um verdadeiro praticante de arte marcial, quaisquer seja a sua origem, se diferencia dos demais.

As práticas que incentivam o aluno a ficar em posição de firme no chão, cujo os pés praticamente não saem do solo, com movimentos curtos e fortes, tendem a formar pessoas que têm posição e argumentos antes de tomar uma ação. Outras modalidades do Pa-Kua que reforçam a mobilidade, por exemplo, em que o praticante está sempre em movimento, tendem a formar pessoas dinâmicas que rapidamente se adaptam a situações sabendo evitar situações de risco. E mais aquelas que incentivam práticas aéreas, rolamentos e quedas a distância, ajudam os alunos a lidarem com o medo e com a confiança.

Exemplos básicos de como as diferentes práticas de Pa-Kua podem ser facilmente combinadas com os seus objetivos de vida, facilitando na hora de escolher a prática adequada a sua vida. Veja a seguir, outras informações importantes para ajudá-lo a escolher a modalidade que mais se adapta ao seu estilo.

_LA_6008

ARTE MARCIAL
Desenvolve a autoconfiança, ensina o aluno a se adaptar em situações adversas, pratica a percepção – observar e antever o risco –, sustentabilidade com movimentação.

_LA_5819

ARMAS DE CORTE
Trabalha o foco, a concentração do aluno e como lidar com situações adversas, na presença de armas, de forma a agrega-las como uma extensão do próprio corpo.

_LA_5889

ARQUERIA
Prática da percepção situacional muito forte que visa objetivos a distância e como nos adequar as ferramentas que temos para alcança-los.

_LA_5453

ACROBACIA
Exercita a força, o controle do medo e o equilíbrio. Pela interação com o outro de forma sustentável, promove a confiança, percepção e autoconsciência que determina o próprio limite.

_LA_6124

RITMO
Dinamismo, movimentação, resistência para atividades contínuas por longos períodos, extroversão, controle dos níveis de energia para realizar os movimentos de maneira continua e interrupta.

_LA_5697

SINTONIA

Permite o autoconhecimento, promovendo a calma, o equilíbrio e praticando a flexibilidade para lidar com situações e pessoas.

Colaborou: Domingos Junior

About the author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.