sedentarismo

Sedentarismo: o vilão do cérebro

Como o Pa-Kua pode acabar com o sedentarismo e tira-lo da zona de conforto

Muito antes de chegar aos 60 anos, seu cérebro já apresenta um declínio significativo da velocidade com que responde aos estímulos externos: tomar decisões começa a se tornar mais lento a partir dos 24 anos, segundo o estudo realizado por cientistas da Universidade de Simon Fraser, no Canadá. A situação se agrava quando a pessoa mantém um estilo de vida sedentário. Talvez a maioria das pessoas não saiba, mas além do coração, nosso cérebro também está entre as grandes vítimas da inatividade. E mais, alguns estudos americanos têm mostrado que a falta de exercícios é mesmo capaz de alterar a forma dos neurônios e diminuir – além do esperado – o volume do cérebro na velhice.

>>> 4 benefícios da meditação para facilitar a vida
>>> Como criar uma vida mais harmônica em poucos passos

A prática de atividades físicas age diretamente no sistema nervoso central, provocando uma verdadeira queda livre dos principais vilões da nossa mente: há uma redução da ansiedade e caem os níveis de adrenalina e cortisol. Por outro lado, melhora as conexões neurais e o sono, trazendo mudanças significativas na concentração, no processo criativo e na capacidade do pensamento lógico.

Pa-Kua contra o sedentarismo

Seus hábitos de vida e comportamentos são os grandes responsáveis pelo funcionamento adequado do seu cérebro. Deixar de lado os cuidados com a sua alimentação e a saúde do seu corpo vai influenciar diretamente na capacidade de sua mente, influenciando em seu desempenho, produtividade e no processo de tomada de decisões.

Provavelmente, não é o que você deseja e, por isso, chegou até aqui. O simples fato de se matricular no Pa-Kua já demonstra como você está preocupado com o seu cérebro e o quanto deseja sair da zona de conforto. Qualquer uma das nove modalidades disponíveis nas escolas de Pa-Kua vai trazer benefícios para a sua vida, a médio e longo prazo. Mas, destacamos aqui duas delas que achamos bem adequadas para o tema: Arte Marcial e Sintonia. A primeira, porque faz um trabalho mais aeróbico, com corridas e golpes de explosão e a segunda, pois trabalha na respiração formas de reduzir os níveis de ansiedade e estresse, ambos prejudiciais para o cérebro.

About the author: admin

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.