blog

Mudança na forma de viver e vontade de ajudar os outros

Gabriel perdeu a dificuldades para fazer amigos e hoje sabe como deixar as pessoas mais à vontade consigo mesmas

A curiosidade, o interesse e até uma pesquisa sobre a história da Arqueria atraiu a atenção do estudante Gabriel Maeso, 21 anos, para uma unidade do Pa-Kua que fica perto da sua casa. Ele já tinha procurado outras modalidades esportivas mas nunca praticou nenhuma por muito tempo sempre pelo mesmo motivo: não se sentia acolhido. “No Pa-Kua, desde o começo, vi que todos se esforçaram e a minha integração aconteceu de forma natural. Eu me senti acolhido e isso mudou minha vida”, conta.

Antes eu sentia que a amizade era algo forçado. Hoje me sinto à vontade para compartilhar questões da minha vida com muita gente da escola.

Desde criança sempre foi muito reservado e quieto, tendo dificuldades para conversar e fazer amigos. No Pa-Kua, no entanto, Gabriel criou seu grupo de amigos. “Antes eu sentia que a amizade era algo forçado. Hoje me sinto à vontade para compartilhar questões da minha vida com muita gente da escola”, relata. Depois de cinco anos de prática, Gabriel é segundo grau em Arqueria, faixa azul em Armas de Corte e Arte Marcial, faixa cinza em Acrobacia e faixa laranja em Sintonia e Reflexologia, tendo se tornado instrutor.

>>> É muito realizado. Eu me vejo fazendo coisas incríveis.
>>> Melhorar e mudar todos os dias.
>>> Gostar de si mesmo e se relacionar melhor com as pessoas.

Se antes o tempo que passava sozinho fazia de Gabriel uma pessoa tímida e contida, hoje, ao dar aulas de Arqueria, não encontra mais dificuldades para falar em público. “Como instrutor, participo de eventos para apresentar o Pa-Kua e ajudo a divulgar a escola. O apoio dos amigos e mestres me ajudou a melhorar e ganhar desenvoltura”, conta. Hoje, Gabriel se sente mais confortável consigo mesmo e autoconfiante. “Sou estudante universitário, mas o que eu realmente quero é trabalhar com Pa-Kua. Sei como é se sentir sozinho e posso ajudar as pessoas a ficarem mais à vontade”, completa.

About the author: Camila Tremea

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.