Entenda porque não é bom treinar resfriado

É muito comum que na estação mais fria do ano as pessoas fiquem resfriadas. Não é à toa que as campanhas nacionais de vacinação contra a gripe acontecem no inverno. E, como praticante regular de exercícios físicos, resta uma dúvida: será que devo treinar resfriado? Não é novidade que o indivíduo que pratica atividade física intensa regularmente, como arte marcial, acrobacia e armas de corte, mantém o sistema imunológico – aquele que protege o organismo contra doenças – turbinado, reduzindo de forma significante o risco de adquirir doenças infecciosas.

>>> Por que é tão importante treinar durante o inverno?

Ainda assim, ninguém está a salvo. Diminuir as chances de um resfriado não significa dizer que você nunca vai ter um. Por isso, mesmo os praticantes frequentes de exercícios físicos devem ter em mente que não é bom treinar resfriado. O corpo necessita de repouso para que possa combater o vírus. Ele mesmo transmite sinais de que devemos diminuir o ritmo, ou você acha que aquela fraqueza e indisposição acontecem sem um propósito?

O que acontece se eu treinar resfriado?

Se você é um teimoso de carteirinha e, mesmo assim, quer treinar resfriado, quando o corpo não está 100%, prepare-se! Há grandes chances de você permanecer mais tempo doente, pois o organismo vai precisar dividir a energia entre a sua recuperação e a carga do treino. Claro que isso não inclui todas as práticas: atividades regenerativas como meditação, alongamentos e aqueles exercícios que trabalham com a respiração estão liberados. Se você conseguir sair da cama!

>>> Mudanças que a medicina chinesa pode promover em sua vida

Neste aspecto, o Pa-Kua oferece atividades que são benéficas para o corpo mesmo que ele esteja debilitado e são favoráveis para você treinar resfriado. De qualquer forma, descansar ainda é o melhor remédio e, o praticante que não souber respeitar o limite do próprio corpo pode provocar lesões e outros danos à saúde.