SOBRE PA-KUA

O que é Pa-Kua?
Pa-Kua (etimologicamente, “oito mutações” ou “oito trigramas”) é um conhecimento milenar chinês, e seu ensino é um pilar fundamental da filosofia e pensamentos da China. É baseado nos estágios de mutação da natureza e pode ser usado como uma ferramenta para compreensão, pois através do seu estudo temos uma visão mais ampla e completa sobre os eventos e atividades estudadas.
O símbolo do conhecimento Pa-Kua é formado por oito símbolos de 3 linhas, denominados trigramas, cada trigrama representa um dos estágios de mutação da natureza (Céu, Terra, Trovão, Vento, Água, Fogo, Montanha e Lago). Eles podem ser dispostos segundo diferentes arranjos, assumindo diferentes significados (o utilizado pela Liga Internacional de Pa-Kua, em seu próprio padrão, é o arranjo Familiar). Cada linha do trigrama representa um dos níveis energéticos do universo (Céu, Homem e Terra). E, individualmente, cada linha ainda pode representar Yin (tracejadas) ou Yang (contínuas). O estudo do padrão, dos trigramas e de suas combinações é a base do livro I-Ching, livro clássico Chinês, no qual diversos grandes pensadores tiveram participação (incluindo Confúcio, por exemplo).

Qual a diferença entre “Pa-Kua” e a “Liga Internacional de Pa-Kua”?
Existem diversas escolas, estilos e atividades que utilizam o conhecimento Pa-Kua, com as mais diversas intenções e aplicações. A “Liga Internacional de Pa-Kua” ensina o conhecimento “Pa-Kua” utilizando o método desenvolvido pelo Mestre Rogelio Magliacano. Passamos esse ensinamento através de 9 modalidades: Acrobacia, Armas de Corte, Arqueria, Arte Marcial, Cosmodinâmica, Energia, Reflexologia, Ritmo e Sintonia. À medida que os alunos vão se graduando, aumentam seus conhecimentos das modalidades e, progressivamente, aprofundam o saber relacionado ao próprio conhecimento Pa-Kua.

Como surgiu a Liga Internacional de Pa-Kua?
Na década de 70, o Mestre Rogelio Giordano Magliacano iniciou o seu estudo de Pa-Kua junto ao Mestre I Chang Ming, na época residente na Coréia. Depois de árduo trabalho e atingido o grau de Maestria, foi autorizado a ensinar o conhecimento Pa-Kua de forma geral à população.
Levado pelo desejo de estender o conhecimento a qualquer pessoa que se dispusesse a aprendê-lo, o Mestre desenvolveu um método de ensino que hoje forma a base da Liga Internacional de Pa-Kua, fundada oficialmente em 1976, na Argentina. Dando início à difusão em seu país de nascimento, o Mestre aos poucos foi levando Pa-Kua a outras cidades e países. Hoje, a Liga Internacional de Pa-Kua conta com centenas de Recintos de prática em diversos países, como Brasil, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Itália, Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Suíça, Rússia, Israel, entre outros.

Pa-Kua é uma Arte Marcial?
Não. Pa-Kua é um conhecimento milenar chinês e, em nossa escola, o utilizamos como ferramenta para compreensão de nossas nove modalidades: Acrobacia, Armas de Corte, Arqueria, Arte Marcial, Cosmodinâmica, Energia, Reflexologia, Ritmo e Sintonia.

Os ensinamentos da Liga Internacional de Pa-Kua têm base religiosa?
Não. A Liga Internacional de Pa-Kua faz uso do conhecimento Pa-Kua pela sua contribuição cultural e não possui ligação com nenhum tipo de religião.

Qual a idade mínima para começar a treinar?
Qualquer pessoa a partir de 5 anos de idade pode treinar regularmente. Todas as aulas são adaptadas a cada perfil e estado de saúde. Para crianças muito novas, o ideal é que os pais acompanhem ou participem das aulas.

Qual a idade máxima para começar a treinar?
Não há restrições! Todas as aulas podem ser adaptadas a cada perfil e estado de saúde.

Mulher pode praticar?
Com certeza! Independente do sexo ou de outras características, todas as aulas são adequadas e podem ser adaptadas.

Por que devo cumprimentar ao entrar e sair do tatame?
O cumprimento é simbólico, ele para nós representa o respeito pela atividade que será desempenhada naquele momento, que inclui o respeito pelo mestre, pelo conhecimento e pela aula.

Por que a bandeira tem três cores?
Pois cada cor presente simboliza um dos três níveis energéticos do universo: Céu (branco), Homem (vermelho) e Terra (preto).

Por que usamos faixas de cores diferentes?
Para simbolizar a graduação de cada um dos alunos. Durante as aulas, o Instrutor/Mestre se guia pela graduação de cada participante para passar o conteúdo adequado a cada um.

Por que usamos esse tipo de uniforme?
O uniforme que usamos foi desenhado pelo Mestre fundador Rogelio Magliacano com o intuito de ser simples, prático e resistente. Dentro dele o Mestre colocou elementos simbólicos do conhecimento Pa-Kua, como as cores e o padrão. O uniforme se baseia em desenhos antigos de roupas chinesas, chamadas de Hanfu, considerada a roupa tradicional chinesa. As roupas chinesas que normalmente vemos e temos conhecimento (com botões e uma pequena gola para cima no pescoço) passaram a ser utilizadas a partir da conquista Manchu sobre os chineses (cerca de 1618 d.c), pois eram as roupas tradicionais desse povo.

O que é Itinerância?
A itinerância ocorre, em cada cidade aonde há Pa-Kua, de três em três meses. Através dela, a Liga Internacional de Pa-Kua regula e observa de forma permanente o padrão de ensino de Pa-Kua em todo o mundo.
Os Mestres Itinerantes, sempre vindos de outros estados ou países, estão capacitados para ministrar diferentes aulas especiais, avaliações para passagem de faixa, seminários, melhoramentos, cursos e muitas outras atividades.